sexta-feira, setembro 02, 2005

espera...



Jason

Jason é um autor de banda desenhada norueguês e nunca será editado em português. este dado não causa surpresa a ninguém. Jason é autor numa área, a BD, só por si alternativa, onde, ainda por cima, está inserido num nicho também conhecido como alternativo. Jason é alternativo ao quadrado. o que, falando nós de estórias em quadradinhos, é uma prova de profunda e subtil coerência.
mas Jason devia estar traduzido e distribuido em Portugal, porque o livro "Hey wait..." é uma delicada metáfora do nosso país.
dois amigos, na primavera da juventude, vivem uma vida de sonho, diversão e alegria. vivem às custas dos pais, empanturram-se de doces e tudo corre bem.
até ao dia em que Jon diz ao amigo "hey wait...", no momento menos apropriado e tarde de mais. Jon carregará, ao longo do resto da sua vida, o peso dessa frase.
no instante seguinte todos os seus sonhos caem por terra. o sonho de ser jornalista vira a realidade de um trabalho na construção. a alegria dá lugar à mais negra solidão.
Portugal, como Jon, carrega o peso de ter dito, sucessivamente, "ei espera..." muito tarde e nos momentos errados.
nos momentos de maior prosperidade não fomos capazes de ter uma clarividência prospectiva. acabamos por adivinhar os acidentes tarde, contribuindo, inadvertidamente, para a ampliação do desastre.
tal como Jon também nós olhamos para o erro, com os braços lívidos, condenados a passar muito longe de tudo quanto alguma vez desejamos.

5 Comments:

Blogger Madalena said...

Obrigada!

9:49 da manhã  
Blogger Viagem pelas ruas da amargura said...

Será que vais continuar à espera por muito mais tempo? Já estou com saudades.

10:41 da tarde  
Blogger Cadelinha Lésse said...

zzzzzzzzzzzzzzz

5:59 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

What a great site »

7:34 da tarde  
Blogger Grimm said...

putz..se não chegará nem aê, d´álem mar, aqui terra brasileiras terá menos chances ainda

pior que até em scan seria meio dificil já que não é o tipo de quadrinhos que agrada ao grande público

2:25 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home